Como combater a Gripe e Resfriados

02 de Março de 2020

MEDICAMENTOS PARA GRIPE E RESFRIADOS QUAL A DIFERENÇA ENTRE RESFRIADO E GRIPE?


O resfriado é uma infecção simples das vias aéreas superiores (nariz e garganta), que pode durar de poucos dias até duas semanas. Pode ser causado por vários tipos de vírus, sendo o rinovírus o mais comum.


A gripe é causada pelo vírus Influenza e normalmente se inicia de maneira súbita, apresentando sintomas mais graves que os do resfriado. Ela compromete de maneira significativa o estado geral da pessoa, podendo, inclusive, causar pneumonia. O período de incubação (tempo entre o contágio e o início dos sintomas da doença) é de 1 a 4 dias.

A gripe é um dos maiores problemas de saúde pública no mundo, pois o vírus Influenza se modifica constantemente, dificultando que o organismo das pessoas se defenda da doença.


ATENÇÃO - As pessoas com alguma doença respiratória crônica, imunidade enfraquecida e idosos têm maior facilidade em adquirir infecções mais graves, com possibilidade de complicações fatais.


QUAIS OS SINTOMAS DA GRIPE?

Em ambos os casos os sintomas podem incluir: dor de cabeça, nariz entupido, espirros, dor de garganta, dores no corpo, febre e tosse - um dos sintomas que mais incomodam os doentes.


IMPORTANTE - Em caso de sintomas de gripe, como febre repentina acima de 38º, dores musculares e nas articulações, dor de cabeça e dificuldade de respirar, procure o médico.


 

COMO É FEITO O CONTÁGIO DO VÍRUS DA GRIPE?

A forma mais comum é a transmissão direta (pessoa a pessoa), por meio de gotículas de saliva, expelidas ao falar, tossir ou espirrar.

Outra forma é pelo contato indireto, por meio de secreções de pessoas doentes.

Nesses casos, a mão é o principal meio transmissor do vírus, ao favorecer que partículas virais entrem diretamente na boca, olhos e nariz. Por isso é tão importante lavar as mãos corretamente e várias vezes ao dia.


ATENÇÃO - O uso de medicamentos contendo ácido acetilsalicílico em crianças e adolescentes deve ser evitado durante as infecções virais, como as gripes e resfriados, pois pode ocasionar problemas graves.


COMO TRATAR A GRIPE E RESFRIADO?

Ainda não existem medicamentos que tenham demonstrado bons resultados no combate aos vírus da gripe e dos resfriados, por isso o tratamento é direcionado ao alívio dos sintomas. Repouso, uso de analgésicos, antitérmicos e antiinflamatórios, além de xaropes ajudam a aliviar os sintomas e eliminar o catarro.

O tratamento deve ser feito sob orientação médica, pois só ele saberá avaliar a gravidade dos sintomas e o perfil do paciente, para prescrever o medicamento adequado.


QUAIS OS CUIDADOS NO USO DE MEDICAMENTOS PARA TOSSE?

A tosse é geralmente uma reação do organismo a irritações causadas pela presença de secreções ou corpos estranhos, como fumaça, poeira, bactérias e fungos, protegendo o sistema respiratório. Assim, eliminá-la nem sempre é uma boa idéia, já que seu objetivo é justamente o de liberar a secreção excedente.

No seu tratamento, o primeiro passo é prover o trato respiratório de umidade adequada, tanto pelo aumento da ingestão de líquidos (água) quanto pela umidificação do ar. Estes agentes tornam o muco mais fluido.

De acordo com a causa, pode ser necessário o uso de medicamentos, que deverá ser feito sempre com acompanhamento médico. A utilização do medicamento errado pode causar danos à saúde do usuário.


A VACINA CONTRA A GRIPE É UMA BOA FORMA PREVENÇÃO?

Sim, a vacinação anual contra gripe pode ajudar a prevenir a doença em 70 a 90% das pessoas ou, pelo menos, diminuir a gravidade da doença, reduzindo as mortes em 85%. Ela não protege contra outras infecções respiratórias como o resfriado, para o qual ainda não há vacina preventiva disponível.

O efeito preventivo é observado cerca de duas semanas após a administração da vacina, por isso o uso deve ser feito antes do inverno, época em que ocorrem os maiores índices de infecção.


COMO ENFRENTAR MELHOR A GRIPE E O RESFRIADO?

• Mantenha uma alimentação saudável.

• Beba bastante líquido.

• Poupe suas energias: durma bem e descanse bastante.

• Não tome antibióticos desnecessariamente.

• Mantenha a casa bem ventilada.

• Evite aglomerações.

Evite utilizar xaropes por conta própria. Eles podem causar reações graves.

• Lave as mãos com freqüência e use lenços descartáveis.

• Soro fisiológico nas narinas ajuda a combater a obstrução.

• Não agasalhe seu filho exageradamente, isso pode desencadear uma convulsão febril.

• Não use medicamentos como xaropes, gotas nasais ou descongestionantes sem uma avaliação médica.

• Procure um serviço médico se tiver dúvidas ou ocorrerem complicações.


SAIBA MAIS SOBRE A INFLUENZA A (H1N1)

A Influenza A (H1N1) é um novo subtipo do vírus da gripe, sendo transmitida de pessoa para pessoa da mesma forma que a gripe comum (H3N2).

Os sintomas são muito parecidos e se confundem: febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza.

Na maioria dos casos se apresenta da forma leve e se cura com hidratação, boa alimentação e repouso. No entanto, em casos graves e pessoas que façam parte do grupo de risco ou que apresentem fatores de risco para complicação da doença, como mulheres grávidas, é necessário o tratamento medicamentoso.

O tratamento com o medicamento específico somente deve ser utilizado após rigorosa avaliação médica. O seu uso inadequado pode levar à resistência do vírus ao medicamento, dificultando o combate à doença, além do risco de reações adversas.


Para prevenir a doença alguns cuidados básicos de higiene podem ser tomados:

• lavar frequentemente as mãos com água e sabão;

• evitar tocar os olhos, a boca e o nariz após contato com superfícies;

• não compartilhar objetos de uso pessoal; e

• cobrir a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar.


As vitaminas no combate a gripe fortalecimento do sistema imunológico

São um grupo de compostos orgânicos essenciais ao bom funcionamento do organismo, que necessita de quantidades mínimas dessa substância para manutenção da saúde. Dentre as vitaminas podemos citar: vitamina A, C, D, E, K, H, ácido pantotênico, niacina, biotina, ácido fólico e as vitaminas do complexo B (B1, B2, B6 e B12).


 

O QUE SÃO POLIVITAMÍNICOS?

São preparações que contêm mais de uma vitamina, podendo ser encontradas em diversas formas, como cápsulas, comprimidos, pós ou líquidos. São registrados na Anvisa como medicamentos ou alimentos, dependendo da sua indicação e composição.


É NECESSÁRIO TOMAR MEDICAMENTOS A BASE DE VITAMINAS?

Os alimentos são a principal fonte de vitaminas e minerais. Desse modo, normalmente não é necessária utilização de polivitamínicos, pois uma dieta variada, somada ao controle das quantidades de gordura, açúcar e sal costuma ser suficiente.

Os polivitamínicos e as vitaminas são indicados somente quando há uma deficiência nutricional grave, que demoraria a ser tratada apenas por meio da alimentação. Neste caso, os complementos nutricionais devem ser utilizados por tempo determinado, até a redução dos sintomas da deficiência nutricional.


QUAIS OS CUIDADOS AO CONSUMIR ESSES PRODUTOS?

• Usar apenas produtos registrados.

• Buscar informações com profissionais de saúde.

• Seguir orientações da bula e rotulagem.

• Observar cuidados especiais no caso de gestantes, crianças, idosos e pessoas que fazem uso de outros medicamentos.

• Comprar vitaminas e polivitamínicos apenas em farmácias e drogarias.


Quem deve diagnosticar uma falta ou excesso de vitaminas é o médico. A ingestão de vitaminas, sem necessidade, pode causar, ou mesmo, agravar algumas doenças.

Compartilhe

Plano Vida Bella Perca peso

Receba as novidades mais quentes do Rota 99

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba por e-mail as principais novidades do site.

Em caso de

FLAGRA

clique aqui!
Aperte ESC para voltar
Termos de Uso

Isto é importante! Por favor leia com atenção.

Nessa categoria, você tem que ser maior do que 18 anos e aceitar as seguintes regras:

1. Todos anúncios feitos no Rota99 devem ser VERDADEIROS.

2. Permitimos imagens de semi-nudez mas a zona genital tem de estar completamente coberta. É permitido divulgar o seu cachê.

3. Nesta categoria somente permitimos uma conta por usuário

4. Não colocar fotos com imagens de sexo no seu anúncio. Se você não tem certeza se a imagem é válida, não coloque a foto, ou contate nosso suporte pelo email atendimento@rota99.com

5. Colocando o seu anúncio, você está concordando com nossos Termos de Uso.

6. Clicando no 'Eu aceito' abaixo, você declara possuir mais de 18 anos e concorda em acessar o conteúdo adulto do Rota99.

7. O Rota99 não tem uso ou participação nesses anúncios adultos, que são de inteira responsabilidade dos anunciantes. E também, você concorda que a equipe do Rota tem o direito de apagar e banir os anúncios dessa seção sem aviso prévio. Todos os anúncios encontrados pela nossa equipe que não se enquadram com a filosofia do site, serão excluídos.

8. O Rota99 tem o direito de enviar todas as suas informações (email, telefone, IP) para as autoridades responsáveis caso você viole nossos termos de uso.

Ah, que pena! De qualquer forma, agradecemos sua visita.